SINALEIRO INSTANTE

Para Ferréz e Drummond

 

SONHO. O menino – Na faixa de pedestres, entre tochas, malabares e pululantes laranjas, ele carrega sua caixa de balas. Sirene e outros ruídos ensurdecem uma tarde sépia. O homem – Observa a luz vermelha e deseja; terminar mais um dia empregado, em paz, esquecer, sumir, viajar, viver, alimentar esperanças, enquanto existirem as últimas horas de um domingo que ainda não chegou. PENSAMENTO. O menino, distraído – O padrasto, o bar, a garrafa, a(s) dose(s), o barraco, o bairro, a falta d’água, os nóia, o corre, a pressão, a aula vaga ou a escola lacrada, a mãe na batalha, só. O homem – A pasta de documentos, rádio ligado, a estação de notícias, as reuniões “blablablá”, a “guilhotinesca” ligação do chefe, a prestação atrasada da casa, cartas da Serasa, conserto do vazamento, as contas prá pagar, o trânsito louco ou normal de sexta-feira, tudo. REALIDADE. Eles – No cruzamento, sinal verde, aceleração, o olhar sem reação, cada um, o seu caminho, a sua cruz, cada um, então.

 

Altamiro Cirino

Anúncios

This is the sea

This is the sea
The Waterboys

estas coisas que você fica guardando
era melhor jogar fora
você quer dar as costas
aos seus dias sem graça
você já chegou ao limite
bom, agora você está livre
aquilo lá era o rio
isso aqui é o mar

agora, se está se sentindo esgotado
se ficou sozinho tempo demais
talvez tenha sofrido
de uns poucos e bons
planos que deram errado
e está tentando lembrar
como a vida era boa
enrolando e batendo tambor
como se fosse 1973
bom, aquilo era o rio
isso aqui é o mar

agora você diz que tem problemas
diz que está sofrendo
diz que não tem nada em que acreditar
nada a que se prender
nada em que confiar
nada senão amarras
você está limando a consciência
escarafunchando a memória
limando a consciência
futucando a memória
mas aquilo era o rio
isso aqui é o mar, yeah!

agora eu te vejo vacilando
tentando decidir
você tem uma guerra na cabeça
e isso está te dividindo em dois
você tenta ver sentido
em algo que simplesmente não consegue enxergar
tenta ver sentido agora
e você sabe que já teve a chave
mas aquilo era o rio
isso aqui é o mar
yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah!

agora eu escuto um trem chegando
vem chegando pela linha
pode pegá-lo, se correr
você está parado tempo bastante
e você não precisa de passagem alguma
você não paga nada
porque aquilo era o rio
isso aqui é o mar!

veja só o mar

(trad. Celi)

—————-

This is the sea
The Waterboys

These things you keep
You’d better throw them away
You wanna turn your back
On your soulless days
Once you were tethered
And now you are free
Once you were tethered
Well now you are free
That was the river
This is the sea!

Now if you’re feelin’ weary
If you’ve been alone too long
Maybe you’ve been suffering from
A few too many
Plans that have gone wrong
And you’re trying to remember
How fine your life used to be
Running around banging your drum
Like it’s 1973
Well that was the river
This is the sea!

Now you say you’ve got trouble
You say you’ve got pain
You say’ve got nothing left to believe in
Nothing to hold on to
Nothing to trust
Nothing but chains
You’re scouring your conscience
Raking through your memories
Scouring your conscience
Raking through your memories
But that was the river
This is the sea yeah!

Now i can see you wavering
As you try to decide
You’ve got a war in your head
And it’s tearing you up inside
You’re trying to make sense
Of something that you just can’t see
Trying to make sense now
And you know you once held the key
But that was the river
And this is the sea!
Yeah yeah yeah yeah yeah yeah yeah!

Now i hear there’s a train
It’s coming on down the line
It’s yours if you hurry
You’ve got still enough time
And you don’t need no ticket
And you don’t pay no fee
No you don’t need no ticket
You don’t pay no fee
Because that was the river
And this is the sea!

Behold the sea!

pequena aventura pela música

Mahler, Sinfonia nº 5, 4º movimento – Adagietto

Beethoven, Sonata para Piano nº4, op. 7, 2º movimento – Largo

Beethoven, Sinfonia nº 7, 2º movimento – Allegretto

Bach, Concerto em fá menor, BMW 1056, 2º movimento – Largo

radiohead

Para variar, mais clipes. Ânimo, pessoal.

Tão esquisita, tão melancólica, tão falsamente pop. Talvez por isso eu goste tanto.

Alguns dizem: música de baleia. Tá bom.

Há um lobo na porta principal.

Um pouco de emoção e alegria.

tristeza

quanta tristeza cabe nesse mundo?




e por que perder a oportunidade