Filmes da mostra (Luís)

Lista dos filmes assistidos na mostra, com pequenos comentários (escritos quando possível) ou apenas recomendações.

Pretendo atualizar este post à medida que for assistindo aos filmes.

  • Uma carta para Elia, de Martin Scorsese e Kent Jones. Um bom filme. Recomendo.
  • La Bas – educação criminal, de Guido Lombardi. Fraco.
  • Isto não é um filme, de Jafar Panahi e Mojtaba Mirtahmasb. Muito bom. Recomendo.
  • Artigas, de Cesar Charlone. Não é de todo ruim. O banheiro do papa é melhor.
  • Vulcão, de Runar Runarsson. Não é ruim, mas não é imperdível.
  • Khrustalyov, meu carro!, de Aleksei German. A terra russa em transe, um Amarcord perverso, muito mais louco que o mais louco Kusturica. Não entendi quase nada. Vá por sua conta e risco.
  • A decisão, de Jinkai Liu. Bem-intencionado, mas muito fraquinho.
  • Uma viagem, de Nejc Gazvoda. Bobinho.
  • O futuro, de Miranda July. Entrou no lugar do Herzog, que ainda não chegou no Brasil. Valeu a pena assistir. Recomendo.
  • Fora de satã, de Bruno Dumont. Não gostei.
  • Oslo, 31 de agosto, de Joachim Trier. Muito bom.
  • Malditos garotos, de Shaker K. Tahrer. Filme de histórias cruzadas. Apenas uma delas se salva. Dispensável.
  • Low life, de Nicolas Klotz e Elisabeth Perceval. Caudaloso, chato.
  • O ruído do gelo, de Bertrand Blier. Divertido.
  • Se não nós, quem?, de Andres Veiel. Retrato de uma geração. Filme em formato convencional, com tese discutível. Mesmo assim, vale a pena ver. (A sinopse da Mostra engana. O filme é sobre outra história).
  • Adeus, de Mohammad Rasoulof. Bom.
  • Um mundo misterioso, de Rodrigo Moreno. Bacana.
  • Os órfãos, de Marie Kreutzer. Bom.
  • Attenberg, de Athina Rachel Tsangari. Muito bom
  • Fausto, de Aleksandr Sokurov. Médio

(também em: mostras)

Anúncios

9 pensamentos sobre “Filmes da mostra (Luís)

  1. Os que eu vi:

    1. Homem sem celular – fraco.

    2. O trovador Kerib. – estranho, muito estranho… Dos 7 que foram, 1 odiou (minha mãe), 5 adoraram, 2 gostaram (eu e Maíra)

    Os que ouvi falar:

    1. O sétimo satélite – muito bom

    2. O mistério das lagunas – bonito (diz a maíra que só os violinos já valem o filme)

    3. O desaparecimento do gato – ouvi recomendações, vou ver amanhã.

  2. Só vi Isto não é um filme, e adorei. A continuar assim, daqui a pouco só vou gostar de todos os filmes não feitos, mas tentados com todas as forças.

  3. Eu vi:

    1. Ways of the Sea – Bela fotografia. Gostei muito!
    2. Small Town Murder Songs – Achei chato. (O Jorge também viu e demonstrou melhor impressão do que eu.)
    3. Novo Mundo – Ruim.

  4. Outros:

    1. Pater – Gostei!
    2. Oslo, 31 de agosto – Muito bom, vale a pena.
    3. The Giants – Adorei!!! Gargalhadas e lágrimas garantidas, com toques de tensão, angústia… Adorável.
    4. Loverboy – Estranho. O filme passou de péssimo a muito bom no último minuto. Não sei se gosto disso e nem sei se gostei mesmo dele, (o que talvez pode ser bom…). Preciso pensar um pouco mais sobre… :D

  5. Uma palavrinha sobre Khrustalyov, meu carro!: de fato não dá pra entender nada, mas a mise-en-scène é impressionante.

  6. Mais alguns:

    1- Jeanne – gostei, mas não tenho coragem de indicar. Alerta: com sono, nem passe na porta!

    2- Nervos à flor da pele – drama adolescente com bom tratamento, mas é só.

    3- O desaparecimento do gato – humor negro de qualidade

    4- Late Bloomers – filme bem feito sobre questão relevante, mas sem surpresas

    5- Marighella – adorei

  7. 35ª MOSTRA ANUNCIA OS FILMES FINALISTAS AO
    TROFÉU BANDEIRA PAULISTA
    Compartilhar
    A 35ª Mostra anunciou neste sábado, dia 29 de
    outubro, os filmes mais votados pelo público, que
    concorrem ao Troféu Bandeira Paulista. São 12
    longas-metragens de ficção, que serão analisados
    pelo Júri Internacional, composto pelo cineasta
    canadense de origem armênia Atom Egoyan, pela
    roteirista, produtora, atriz e diretora francesa
    Elisabeth Perceval, pelo diretor chadiano, vencedor
    do Prêmio Humanidade Leon Cakoff na 34ª
    Mostra, Mahamat Saleh Haroun, pelo cineasta
    gaúcho Jorge Furtado e pelo escritor francês
    Frédéric Boyer.
    Além destes, os dez documentários finalistas ao
    prêmio serão julgados pela cineasta brasileira
    Lúcia Murat, pelo jornalista francês Jean-Claude
    Lamy, e pelo produtor iugoslavo Cedomir Kolar.
    Os vencedores serão anunciados na Cerimônia de
    Encerramento da 35ª Mostra, nesta quinta-feira,
    dia 3 de novembro, às 21 horas no CineSESC.
    FILMES DE FICÇÃO MAIS VOTADOS:
    A CASA – (DOM) , Zuzana Liová | República Tcheca,
    Eslováquia
    COMBAT GIRLS – (KIREGERIN), David Wnendt |
    Alemanha
    FIM DE SEMANA A BEIRA MAR – (NI À VENDRE NI
    À LOUER), Pascal Rabaté | França
    MONTEVIDÉU – O SONHO DA COPA –
    (MONTEVIDEO, BOG TE VIDEO!), Dragan Bjelogrlic
    O DEDO – (EL DEDO), Sergio Teubal | Argentina,
    México
    O FUTURO – (THE FUTURE), Miranda July |
    Alemanha, Estados Unidos
    OLHANDO ESPELHOS – (AYENEHAYE ROOBEROO),
    Negar Azarbayjani | Irã
    RESPIRAR – (ATMEN ), Karl Markovics | Áustria
    UMA FAMÍLIA A TRÊS – (TAGE DIE BLEIBEN), Pia
    Strietmann | Alemanha
    UMA VIAGEM – (IZLET), Nejc Gazvoda | Eslovênia
    VIDA QUE SEGUE – (DE LEUR VIVANT), Geraldine
    Doignon | Bélgica
    VULCÃO – (ELDFJAL), Runar Runarsson |
    Dinamarca, Islândia
    DOCUMENTÁRIOS MAIS VOTADOS:
    ALÉM DO ÍCONE – (BEYOND ICONIC), Hanna
    Swaka Hamaguchi | Estados Unidos
    A NAVE – UMA VIAGEM COM A JAZZ SINFÔNICA DE
    SP – (A NAVE – UMA VIAGEM COM A JAZZ
    SINFÔNICA DE SP), Luiz Otavio de Santi | Brasil
    BATIDAS, RIMAS & VIDA: AS VIAGENS DE A TRIBE
    CALLED QUEST
    – (BEATS, RHYMES & LIFE: THE TRAVELS OF A TRIBE
    CALLED QUEST), Michael Rapaport | Estados
    Unidos
    CALVET – (CALVET) , Dominic Allan | Reino Unido
    HALABJA – AS CRIANÇAS PERDIDAS – (HALABJA –
    DIE VERLORENEN KINDER), Akram Hidou |
    Alemanha
    JIRO DREAMS OF SUSHI – (JIRO DREAMS OF
    SUSHI), David Gelb | Estados Unidos
    MAKING OF – TROPA DE ELITE 2 – (MAKING OF –
    TROPA DE ELITE 2), Alexandre Lima |Brasil
    MARATHON BOY – (MARATHON BOY), Gemma
    Atwal | Reino Unido, Índia, Estados Unidos
    SOBRE O PODER – (DEL PODER), Zaván | Espanha
    VAI-VAI: 80 ANOS NAS RUAS – (VAI-VAI : 80 ANOS
    NAS RUAS) , Fernando Capuano | Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s