Girassol

Gosto de história. Por isso, gosto de quem conta história. Gosto dos bons historiadores. Saber contar e saber avaliar uma história são coisas complementares. As boas histórias imprescindem de bons narradores e bons ouvintes.

Gosto de quem procura ver sentido na história. Por isso, gosto daqueles que amarram os acontecimentos de sua vida em uma linha que acreditam ser uma história.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Girassol

  1. A mostra de 2010 dançou por aqui também, com todo um universo que não experimentarei – mundos, imagens, sons, sensações, pessoas, histórias, conflitos, na confusão do tempo exíguo para tanta experiência. Adoro histórias, vê-las, ouvi-las, contá-las (pra infelicidade de alguns…) e escolhi este ano ver, viver histórias outras por aí, por lá. Viajamos amanhã. Estou com um puta frio na barriga, com medo, nem sei bem de que. Fico só uma semana, mas parece algo tão grande. Difícil pensar em mudar padrão. É gostoso ver de fora e contar, ou ainda da nossa prepotência imaginar-nos capazes de ver e entender tal qual, mas ser mesmo não está me deixando lá muito confortável, ao menos ainda. Ainda estou em 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s