Alemanha 74

A seleção holandesa revolucionou o futebol com uma movimentação estonteante. Ninguém tinha posião fixa e rodava por todos o campo com e sem a bola. Nunca ninguém tinha visto e nem veria depois algo parecido. O Carrossel Holandês roubava o show na casa dos alemães, que tentavam repetir o título mundial conquistado 20 anos antes na Suíça.

A competição marcava a estréia da taça Fifa, substitituta da Jules Rimet. Além de Holanda e Alemanha, outros favoritos eram o Brasil que defendia o título conquistado brilhantemente quantro anos antes, e a Itália, Polônia e Iugoslávia, que derrubaram Inglaterra e Espanha nas eliminatórias. A Argentinha tamtém tinha seus apostadores.

Logo nos primeiros jogos, os holandeses fizeram juz à expectativa. Com o também chamado futebol total, a laranja mecânica de Cruyff terminou a primeira fase  na liderança do grupo.

A Alemanha Ocidental bobeou, perdeu para a inimiga oriental e ainda teve qie ouvir sua torcida gritar por Seeler, atacante da equipe nas quatro copas anteriores e já com 37 anos. Brasil e Argentina passaram no saldo de gols e a Itália, eliminada, protagonizou o maior vexame do mundial.

A segunda fase aumentou ainda mais o assombro provocado pelos holandeses. A movimentação constante dos jogadores comandada por um inspirado Cruyf, fez que a equipe atropelasse seus adversários – entre eles o Brasil, que terminou a copa sem mostrar o futebol envolvente que lhe rendeu o tricampeanato. Diante da Holanda, os comandados de Zagallo, bem que tentaram,. Mas a marcação implacável e os rápidos avanços dos holandeses anularam e enervaram nossos craques.

A Alemanha Ocidental que não desisde nunca, começou  a mostrar jogo. Com vitórias convincentes sobre a iIugoslávia e Suécia e sob o comando do talentoso Beckenbauer, os alemães contaram com sua eficiência defensiva para buscar um lugar na desisão. Em partida emocionante, eliminou a Polônia dona do melhor ataque. Sob o olhar de 75 mil pessoas em Munique, Holanda e Alemanha protagonizaram a grande final.

A Laranja Mecânica saiu na frente logo aos 2 minm aumentando ainda mais seu favoritismo. Os frios alemães não se abateram. Viraram o jogo com Breitner e Mueller e seguraram o bombardeio ofensivo do carossel. A exemplo da sensacional Hungria de 54, a Holanda também sucumbiu diante da Alemanha. Mais uma vez a eficiência venceu a fantasia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s