Itália 34

Futebol e política sempre se misturaram. O título da Copa de 70 foi explorado pelo governo militar brasileiro. A ditadura na Argentina, em 1978, foi um dos motivos que levaram o holandês Cruyff a desistir do torneio.

Em 1934, Mussolini acompanhou todos os jogos e usou a Copa como propaganda do regime fascista. Em campo, o número de seleções inscritas superou o esperado e a Fifa organizou as eliminatórias pela primeira vez. Até a anfitriã Itália teve de garantir a vaga em campo.

Em represália à ausência dos europeus no mundial anterior, o Uruguai se recusou a viajar para defender o título.

Sem os campeões de 1930, a Itália, com um futebol consistente e alguma ajuda da arbitragem (pressionada por Mussolini), chegou à final depois de eliminar Estados Unidos, Espanha e Áustria.

Espanhóis e austríacos dificultaram, e muito, a vida dos anfitriões italianos. Na decisão, mais um jogo duro. De virada e apenas na prorrogação, os italianos bateram a Tchecoslováquia por 2×1 e conquistaram o primeiro de seus quatro títulos mundiais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s