Paraíba, meu amor…

Mais uma menção à terra adorada.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Paraíba, meu amor…

  1. Supimpa. Reparem que se trata de uma versão recheada de referências políticas: como quem não quer nada, ele fala diversas vezes no islamofascista Louis Farrakhan – “eleven Farrakhen” (por exemplo, em 2:03) -, além de fazer, acho eu, uma severa crítica ao entreguismo do “ianque Tio Zé” (2:11).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s