Aprendendo

Conheci de perto o colégio Equipe em uma apresentação de dança Equipe/Escola da Vila, no auditório do mesmo. Na época fui como mãe de uma aluna da Vila. As apresentações foram o de sempre, com pais babando por sua prole. A minha grande surpresa deu-se quando aquela mulher subiu ao palco para agradecer. Todo o lugar foi tomado por um carinho imenso. Trabalhei muitos anos em escolas e nunca havia presenciado algo nem parecido com isso. Nunca vi alguém tão apaixonado por educação, por pessoas, pelo que faz. Foi aí que decidi que minha prole estudaria ali e ali estão, bastante felizes. Ausonia Donato, coordenadora pedagógica do colégio, continua emocionando-se e emocionando-nos a cada encontro. Para além dessa figurinha, a apresentação das propostas e trabalhos realizados pelos alunos  mostra que a opção pela escola é coerente com o que escolhemos pras nossas vidas. A turma da Gabi – e do Nicola – fez um trabalho para as disciplinas de artes e português, tendo por foco a cidade de São Paulo e por produto um trabalho audiovisual que retratasse algum percurso escolhido pelos alunos, depois de uma visita a alguns “monumentos” da cidade. Um dos alunos, que anda com Marx debaixo do braço, fez um trabalho muito bacana, com entrevistas em vagões de trens até o Capão Redondo, lugar onde mora, mostrando a paisagem e combinando isso com uma música – Favela -, se não me engano. Faltou a edição, mas ficou muito bacana. Outro que impressionou (e só estes dois estavam concluídos e nos foram apresentados) é o que apresento agora, da Débora. 17 anos.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Aprendendo

  1. De fato, tenho participado razoavelmente das atividades do Equipe e acompanhado a construção dos três aqui de casa, cada um em um momento: Gabi no ensino médio, Alice no fundamental II e Yan no Fundamental I (respectivamente, colegial, ginásio e primário de nossa época) e faz diferença. Sempre tive uma posição meio radical contra estudo formal e a idéia de que escolas e ensino institucionalizado serviam menos para criar contestações e livre pensamento que para aplacar as diferenças. O Equipe me fez mudar de idéia – agora admito que é possível ser um intrumento viável para formação de sujeitos.

  2. Bacana. Agora só falta esperar que essa emoção toda leve a Ausônia a convencer os donos do Equipe a transformá-lo numa escola gratuita.

  3. Durante o tempão em que trabalhei em escolas públicas (estado de SP), pude testemunhar a competência de um grupo pequeno e bastante distinto de professores, coordenadores e diretores. Uns dez, talvez? Pessoas que acreditavam no que faziam, que defendiam uma escola pública de qualidade e, coerentes, condenavam a matrícula de nossos filhos em escolas particulares, o que consideravam como que desistência ou conivência com um sistema todo errado (só que, à época, nenhum deles tinha filho em idade escolar ainda …). Fato é que eu nunca fui mesmo muito militante e deixei a escola porque eu já não rendia mais, coisa que boa parte dos que estão lá não faz. Ouvi muito professor tratando crianças/adolescentes como se já fadados ao fracasso. É certo que há alternativa, no nosso caso, o Amorim Lima aqui perto, com um projeto bastante interessante, nos atraiu, quem sabe o que virá…Em relação à Ausonia, volto a afirmar que nunca vi alguém tão querido no meio e que trabalhe com tanto amor (ela trabalha com saúde pública, se não me engano, além do colégio). Você já deu aulas, moço, se a vir vai entender o que digo.

  4. Sim, moça, eu entendo. O que não me dispensa, porém, de seguir achando um tanto contraditória uma pessoa que dedique tanta paixão a uma causa que sua inserção profissional transforma forçosamente em mercadoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s