71 Fragmentos de uma Cronologia do Acaso

Michael Haneke – Áustria – 1994

São de fato 71 fragmentos de uma “cronologia do acaso”. Sensacional. Haneke. Para variar, alguma violência (sem razão?) é o foco da trama. Cada vez mais impressionado com o diretor em questão.

Anúncios

2 pensamentos sobre “71 Fragmentos de uma Cronologia do Acaso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s